Cidadania

SABE COMO SE FILIAR AO LIDE
ENTRE EM CONTATO

Roberto Lima

Presidente do LIDE Cidadania

Administrador de empresas, especializou-se em Finanças e Estratégia no Inst. Superieur des Affaires, na França. Foi presidente da Natura, CEO da Vivo, do Grupo Credicard e Chairman do Grupo Publicis Worldwide no Brasil. Ocupou cargos executivos no Grupo Accor, Rhodia e Saint-Gobain.

A participação da Microsoft, principalmente em eventos relacionados à educação, empreendedorismo, inovação e diversidade, temas prioritários para nossos negócios, tem contribuído para estabelecer parcerias e uma rica troca de experiências e conhecimento empresarial.

Paula Bellizia

Presidente da Microsoft

Graças ao espírito liberal e democrático que preside as ações do LIDE, o agronegócio ganhou um espaço insuspeito nos eventos da organização e passou a compor, com os demais importantes setores socioeconômicos nacionais, o painel real da atualidade do nosso país.

Roberto Rodrigues

Ex-ministro da Agricultura

É impressionante a presença de tantos profissionais de peso nos eventos do LIDE e também qualidade dos debates. Quem participa nunca volta pra casa sem ter aprendido algo que irá servir para a vida e para o trabalho.

Walter Longo

Presidente do Grupo Abril

Os eventos do LIDE são feitos para pessoas que se importam em mudar o Brasil. Neles, muitas coisas são debatidas e criadas. Os encontros unem o setor privado e o setor público. O que acho fundamental: precisamos juntar esforços pra mudar o nosso país para um país melhor.

Sylvia Coutinho

Presidente do UBS

O papel do LIDE é fundamental neste momento em que precisamos animar os empresários brasileiros para eles poderem redobrar a aposta no país. O ambiente que o LIDE proporciona, principalmente ao governo, de poder falar do que vem sendo feito, das mudanças que vêm sendo implementadas, é de fundamental importância para poder disseminar esse ânimo nas pessoas que são responsáveis pelos investimentos e geração de emprego no Brasil.

Fernando Coelho Filho

Ministro de Minas e Energia no período de 2016 a 2018